x
Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais

TRAVÕES

 

 

Sem dúvida que os travões são uma das partes mais importantes quando se fala no controlo de um veículo. Sem eles, seria impossível conduzir um veículo em segurança, e é por isso que se deve prestar muita atenção à sua manutenção. Bons travões podem fazer a diferença em caso de perigo eminente, pois permitem-nos reduzir a velocidade de uma forma mais eficaz, diminuindo a severidade do impacto ou mesmo evitando o impacto.

 

Dada a importância que os travões têm para o funcionamento do veículo e para a segurança dos passageiros, a sua manutenção não deve ser descuidada nem ignorada. Deve por isso, tomar atenção a todas as irregularidades que aconteçam durante a travagem. Se ouvir chiar cada vez que trava, se tem de fazer muita força para travar, ou se sentir muita vibração no pedal do travão, são tudo bons motivos para visitar a Sópneus e regularizar essa situação.

 

O sistema de travagem do seu carro compõe-se por um conjunto accionador hidráulico (cilindro mestre) e outro mecânico (travão de mão).

No sistema hidráulico, ao pisar no pedal do travão, pressiona-se um líquido (fluido do travão) que por sua vez "empurra" pastilhas e lonas contra discos e tambores, resultando em atrito, e consequentemente na redução da velocidade do carro.

 

A manutenção dos dois sistemas é de extrema importância para a segurança automóvel.

No painel existe uma luz de aviso (normalmente um circulo entre parênteses) que se estiver a piscar ou acesa indica provavelmente uma falha no sistema.

 

 Ruído do atrito de "ferro com ferro" ao pisar no pedal do travão indica lonas desgastadas. Troque-as de imediato. 

 

 Nunca desça declives com o veículo em ponto morto, pois sistema de travagem será muito exigido e é arriscado.

 

 Se o travão de mão não consegue segurar o carro estacionado em inclinações acentuadas é necessário uma verificação urgente do sistema.

 

 Ao reduzir a velocidade mantenha o carro engrenado para aumentar a vida útil das pastilhas.

 

 Se o pedal do travão estiver a baixar com frequência significa que poderá estar com um defeito no cilindro mestre e perigo iminente. 

 

 Verifique a cada 5.000 kms as condições das pastilhas. Caso estejam com uma espessura inferior a 2mm, devem ser substituídas.

 

 Os discos, se estiverem frisados e com uma espessura inferior ao recomendado devem também ser trocados.

 

 O reservatório do fluido do travão deve ser mantido bem fechado.

 

 Se precisar completar o nível do fluido do travão constantemente significa vazamento no sistema e possibilidade de perda do travagem do carro.

 

 O fluido do travão é uma substância higroscópica (absorve água) e para a sua segurança deve ser substituído a cada 2 anos ou salvo indicações contrárias do fabricante.

 

Sintomas de anomalia no sistema de travagem:

 

 Quando o pedal do travão vai até ao fundo, mesmo que somente por algumas vezes;

 

 Quando o carro ou o pedal vibrar ao pisar no pedal do travão;

 

 Quando o carro "puxar" para algum lado quando trava;

 

 Quando ouve um "chiar" ou um "ronco" quando pisa o travão;

 

 Quando o pedal do travão está muito duro. 

 

 

Para circular descansado, a Sópneus aconselha-o um diagnóstico completo do seu sistema de travagem.

Copyright © 2017 SOPNEUS - by LV Engine